Desejo Sexual Dos Homens Pode Diminuir Com Andropausa

Libido em Baixa ? Estudo clínico alemão divulgado em 2008 com 117 pacientes diagnosticados com distúrbio e acompanhados durante 15 meses revelou queda na taxa média da proteína C-reativa de 3,5 para 2 miligramas por decilitro de sangue depois de realizarem terapia hormonal com undecilato de testosterona. A normalização dos níveis hormonais se mostrou benéfica, já que a proteína C-reativa favorece desencadeamento de um processo inflamatório ligado ao aumento do risco cardiovascular.

Pacientes de qualquer idade sempre torcem pelo diagnóstico de obstáculo físico, mas existem ainda, motivos emocionais por trás do bloqueio. Para chegar à conclusão certa, é preciso investigar com profundidade as situações em que a disfunção aparece -sozinho, acompanhado, antes ou depois de eventos estressantes- e também analisar relacionamento em que vive. homem pode ficar ansioso demais com uma parceira ou um parceiro novo e não conseguir se excitar, por exemplo, ou até mesmo não sentir mais tesão por determinada pessoa. Quem é mais inseguro do seu desempenho também cita preocupação de decepcionar uma mulher mais experiente.

E de repente vigor físico já não é mais mesmo. desempenho sexual também deixa a desejar. Somados a isso, estão cansaço, aumento da gordura abdominal, a depressão, os distúrbios de sono, as alterações de humor e a libido em declínio. As queixas se tornam especialmente comuns depois da quinta década de vida e muitos homens associam tais mudanças apenas à idade. Mais do que resultado do passar dos anos, porém, desconforto tem nome e tratamento: deficiência androgênica do envelhecimento masculino (Daem), também conhecida como hipogonadismo ou, popularmente, andropausa.porque acontece ejaculaçao precoce

Não se engane: perda de libido e impotência sexua l são coisas diferentes. Por que? Pois mesmo os homens com algum problema relacionado à libido, ou seja, ao desejo sexual, são capazes de atingir uma ereção, então reflita se este é de fato problema que te aflige.

Ocasionalmente, a libido baixa pode ser um problema ao longo da vida resultante de experiências sexuais traumáticas na infância ou de supressão de pensamentos sexuais aprendida. No entanto, na maioria das vezes, a libido baixa se desenvolve depois de anos de desejo sexual normal. Fatores psicológicos, tais como depressão, ansiedade e problemas de relacionamento, são muitas vezes a causa. Alguns medicamentos (tais como aqueles utilizados para tratamento da depressão, ansiedade, ou câncer da próstata avançado) podem diminuir os níveis de testosterona no sangue e também a libido.

Os termos andropausa ou menopausa masculina são frequentemente usados para definir distúrbio androgênico do envelhecimento masculino (Daem). Mas são inapropriados e biologicamente incorretos, já que decréscimo da produção de testosterona não é um fenômeno isolado, ocorrendo em conjunto com outras alterações fisiológicas relevantes. Além disso, declínio hormonal da mulher é bem mais acentuado e há falência funcional dos ovários, que não ocorre com os testículos.

A causa dos baixos impulsos sexuais nem sempre é óbvia. Ele pode ser resultado de problemas psicológicos, condições físicas ou combinações de um certo número de outros fatores. Os fatores psicológicos podem incluir estresse, distração, depressão, abuso ou trauma, bem como questões de imagem corporal.

site com detalhes disto